Ionita Salles Pinto o Rio perde uma das suas divas sociais

//Ionita Salles Pinto o Rio perde uma das suas divas sociais

Ionita Salles Pinto era uma mulher forte. Frágil. Uma tormenta ambulante. Uma mulher intensa e dona de um charme irrestível. Viceralmente feminina.  Sexy, até o ultimo fio de cabelo.  Não um sexy fragil. Uma mulher mais Jeanne Moreau. Instigante. Casou-se diversas vezes. Havia uma fila de homens para disputar Ionita. Guinle, duas vezes. Guerreiro, Penafiel e vários namorados, ficantes e amantes a seus pés. Penso, que Ionita era libriana  como Garbo preferiu se retirar para seu mundo interior e lá viveu até hoje.

Conheci Ionita e seu peso como mulher me impressionou. Sua coxas eram macias e duras. Uma mulher para quem era dificil dizer não.  Das divas dos anos 70, Ionita para mim é a mais completa. Avedon, Guerreiro, Guinle e noites intermináveis em New York, Rio e o mundo.  Zózimo, Ibrahim Sued, Swan, Daniel Más, todos os colunistas loucos por ela.  Princesa da Tucumã, onde lá teve sua filha Georgiana Guinle. O glamour carioca perde um pouco seu brilho. Que venham Alix, Alexias, Betinas e Laras para que o nosso estilo nunca desapareça.

12185026_10205622033615780_4005082240058691921_o (Custom)

Antonio Guerreiro

12188953_10205622031255721_7564290989690080402_n (Custom)

Antonio Guerreiro

12194691_10205622034575804_4496309417687327054_o (Custom)

Antonio Guerreiro

 

Comentários