Joana Cesar abre a exposição na Galeria Athena Contemporâna nesta quinta 27

//Joana Cesar abre a exposição na Galeria Athena Contemporâna nesta quinta 27

É nessa quinta (27/04) que acontece a abertura da exposição “A ponte (onde ele disse que não posso ir)”, na galeria Athena Contemporânea, em Copacabana, com cerca de 20 obras inéditas da artista carioca Joana Cesar. Inspirada pelo seu trajeto diário entre o Jardim Botânico e o Jockey Clube, na zona sul do Rio de Janeiro e com curadoria de Germano Dushá, serão apresentadas colagens, fotografias, uma videoinstalação e dois vídeos da artista, que sempre teve a paisagem urbana como inspiração de suas obras.

“Se a ponte conecta, inevitavelmente, também se coloca como a medida da distância. Joana trafega pelas pontes materiais, metafóricas ou mentais, com obstinação. Nesse processo de aventura e repetição, a artista parece querer dissecar tudo que lhe diga respeito, tanto o quanto lhe seja possível. Mas não para que possa entender integralmente cada aspecto do caminho, e sim para que possa vislumbrar a terrível e implacável dimensão do distanciamento. O hiato entre partida e chegada, entre ocorrência e percepção, entre código e decifração”, ressalta o curador Germano Dushá.

Fotos Divulgação

Joana Cesar, Acarás Papa Terra na bacia com pouco fluxo, 2017, técnica mista, 100 x100 cm

Joana Cesar, Roxo de José Carlos – mapa da ponte e sua zona negra, 2017, técnica mista, 100 x100 cm

Comentários