Meu adeus a dama Maria José Raggio Magalhães Pinto

On 17 de março de 2017 by Ze Ronaldo

Maria José Raggio Magalhães Pinto foi para mim uma onda de amor da qual eu tive a honra de mergulhar e desfrutar um pouco. Ela e Maria do Carmo Borges, as protetoras e responsáveis pela Creche Santa Terezinha, na Gávea, me apresentaram a palavra: solidariedade. Eu gostei e participei de sua energia explosiva de amor. Casa, família, trabalho e muitas emoções. Sincera, nas suas argumentações, não deixava para trás o que lhe causava aflição. Falava, mas não falava tudo guardava para ela o que tinha vergonha de sentir.

Inspiradora mulher. Forte e humana. Guerreira e doce como mar que acalma e revitaliza e que explode em fúria contra quem mexa com os seus. Religiosa e com grande compaixão. Vamos sentir falta. Meus sinceros sentimentos ao irmão Mariano, ao marido Marcos e aos seus filhos que gosto muito Maria Cristina, Marcos José, Francisco, Maria Isabel, Maria Rita e João Emanuel .

Comentários