Bia Lettiére da Avanti Tapetes conta um pouco sobre sua trajetória e próximos passos

//Bia Lettiére da Avanti Tapetes conta um pouco sobre sua trajetória e próximos passos

Bia Lettiére da Avanti Tapetes conta um pouco sobre sua trajetória e próximos passos


No começo onde tudo era um Espaço Ideia. Mergulhei no mundo da decoração e da arquitetura. Foi um mergulho profundo e denso. Muita participação e apoio  e trabalho para o evento Espaço Ideia que mais que tudo era feito com o intuito de ajudar a causa beneficente que Maria José Magalhães Pinto e Maria Carmo Borges comandavam  com seu exercito particular de operações meteóricas. E o Espaço Ideia foi isso. Um meteoro de paixão.

Muitas pessoas passaram por ali e ao mesmo tempo o boom da Casa Cor SP/RJ  transformou o quesito casa/decoração em uma onda popular com milhares de pessoas do mercado, estudantes e apaixonados circulando entre os eventos. Uma mulher elegante sempre me chamou a atenção. Sua destreza e elegância toma conta dos salões por onde ela passa.

 Bia Lettiére é publicitária de formação e sócia-fundadora da Avanti, onde iniciou sua vida profissional. Por muitos anos, atuou como designer e relações públicas da marca, sobretudo junto aos arquitetos e decoradores. Hoje, além de designer, atua também como diretora de marketing da empresa e a chamamos para uma conversa com o site.

 

Como aconteceu a Avanti?

A AVANTI iniciou suas atividades quando um casal de paulistas, Bia e Rafael, recém-casados, fizeram o caminho inverso e vieram construir suas vidas de industriais no Rio. Na época, Rafael, atual presidente da AVANTI, já atuava no segmento têxtil e a paixão pelo Rio fez com que aceitasse uma proposta de sociedade numa pequena fábrica que produzia tapetes para banheiro sofisticados com monogramas (moda na época) para abastecer lojas de cama, mesa e banho top do segmento de noivas/enxovais. Após seis meses de trabalho, com a empresa ainda no período de investimentos e desenvolvimento de produtos, o sócio-fundador decidiu vender sua parte da sociedade. Iniciou-se, então, um longo período de inovações e lançamento de produtos inéditos no mercado brasileiro. Em 1980, participamos de um evento no Copacabana Palace voltado para o segmento de decoração, onde arquitetos apresentavam seus trabalhos a clientes sofisticados que tiveram contato com a primeira linha de tapetes e carpetes produzidos sob encomenda e sob medida no Brasil, desenvolvida pela AVANTI. A inovação apresentada em cores sofisticadas, que possibilitou a esses profissionais personalizar tapetes e carpetes de acordo com seus projetos, teve repercussão positiva imediata, iniciando uma nova era de produtos elaborados, de alta qualidade e com design autoral, que permanecem fazendo sucesso no mercado até hoje.

Bia Lettiére da AVANTI TAPETES

2) São mais de 40 anos de sucesso, qual foi o fator determinante para essa história dar certo?

Podemos atribuir a vários fatores, mas inicialmente citaria o espírito empreendedor, visão de mercado e muita ousadia que nos impulsionou. Percebemos um nicho de mercado estagnado, sem novidades, com produtos de baixa qualidade, sem design e sem glamour. Focamos em qual seria nosso público-alvo através da rápida experiência que tivemos na semana de exposição no Copacabana Palace e qual seria a linguagem que nos levaria a eles – os arquitetos. A partir daí foi muito trabalho estratégico e dedicação. Inauguramos a primeira loja AVANTI no ano de 1983, no primeiro shopping temático do Brasil voltado para decoração, o Rio Design Center Leblon. Para um produto inovador, encomendamos um projeto inovador na forma de exposição dos produtos aos arquitetos Luiz Fernando Redó e Carlos Hansen, que mais tarde se tornaram grandes amigos. Por falta de fornecedores de máquinas e equipamentos que atendessem o anseio da empresa por máquinas inovadoras, a AVANTI adquiriu uma empresa de máquinas e passou a desenvolver seus próprios e exclusivos teares. Todas estas ações permitiram à AVANTI seguir recebendo muitos prêmios de design, como Museu da Casa Brasileira, Design Senai Cetiq, Exposição em Milão e prêmio de criatividade industrial (Prêmio Talento Brasileiro, entregue pelo Sebrae Nacional). Toda essa inovação chamou a atenção da Associação Brasileira de Marketing, que concedeu o Prêmio Top de Marketing do ano à AVANTI.

Em 1990 a AVANTI tornou-se patrocinadora exclusiva da mostra Casa Cor, que na época acontecia apenas na cidade de São Paulo, e abrimos as portas para o evento acontecer também no Rio de Janeiro. Nesta época, a 3 Plus, das Patrícias (Mayer e Quental), era a agência de assessoria de imprensa da AVANTI e logo depois assumiram, com tremendo sucesso, o Casa Cor Rio, como é até hoje. Ter um propósito, diferenciais, amor pelo faz e dedicação tem sido nossos grandes aliados nesses 42 anos, além de contar, claro, com muitos desses arquitetos como parceiros fantásticos, que se tornaram grandes amigos ao longo da nossa trajetória.

3) O tapete tem uma história de séculos, as fibras naturais são as mais procuradas?

Apesar da história milenar, da beleza indiscutível e do forte apelo visual dos tapetes artesanais, que até temos nas nossas lojas também, este segmento mudou muito com as novas tecnologias de ponta – que nos permite projetar desenhos de grandes inspirações e criatividade. A evolução das matérias-primas, com qualidades insuperáveis como resistência, resiliência, propriedades termo-acústicas, facilidade de manutenção (porque são laváveis, não soltam pêlos e são antialérgicos) trouxeram uma gama de vantagens indiscutíveis, principalmente para as pessoas que tem seus animais de estimação (hoje são a grande maioria) e não abrem mão de ter os seus pets, criados como verdadeiros membros da família.

Tapete modelo Apiaká da coleção Árvore da Vida

4) Muitos tapetes o design é seu e de sua equipe, quais são suas inspirações?

Acredito que a inspiração vem de várias formas, inclusive da observação do cotidiano, daquilo que nos rodeia. Quem cria, vê design o tempo todo e em tudo, tem o olhar já é treinado para isso, segue livre sem controle. Certamente, a natureza é uma fonte inesgotável de inspirações, bem como as viagens, que nos levam para diferentes culturas, construções milenares e uma diversidade incrível de cores e paisagens. Tudo isso é muito inspirador. Uma das coleções mais bonitas do YSL foi inspirada no Marrocos, na época que ele teve casa em Marrakesch. Foi super influenciado pela profusão de cores das especiarias e certo mistério local. Movimentos culturais também nos inspiram muito. Uma das nossas coleções que mais gostei foi inspirada no Art Déco. Também já nos inspiramos muito na genialidade de grandes arquitetos contemporâneos e em suas fantásticas construções, como Renzo Piano, Zaha Hadid, Santiago Calatrava, Jean Nouvel, Frank Gehry, para citar só alguns. O mais importante é amar o que faz, lançar um olhar diferente sobre a algo que já existe, fazer uma releitura. E conseguir aliar essa sensibilidade do olhar ao maquinário de última geração para criar designs absolutamente geniais. Esta é a força do DNA da Avanti.

5) Há um tapete que você pode dizer que desde a ideia inicial até o acabamento é puramente inspiração nacional?

Como uma industria todo o processo é feito no Brasil na nossa fábrica. Somente nossa matéria-prima é importada da Europa. Fizemos uma coleção denominada Árvore da Vida, onde homenageamos uma das espécies mais representativas da floresta Amazônica: a Castanheira. Foi percorrido um longo caminho criativo até se chegar a representações têxteis que dessem vida aos frutos, flores, folhas, casca da árvore e borboletas que promovem a polimerização e tudo o que pudesse representar a Castanheira. Para mencionar alguns modelos que fazem sucesso até hoje, podemos citar o Kayaby, Xicrin, Apiaká, Tukano, expostos nas nossas lojas.

6) Os tapetes como arte estão voltando ao mercado com muita procura, vc já pensou em ter tapete como obra de arte?

Sim, antes desse momento que estamos vivendo, já tivemos nomes expressivos de designers que criaram pequenas coleções para a Avanti que resultaram em verdadeiras obras de arte. No momento estamos lançando a Coleção Noel Marinho, que faleceu ano passado, representante da geração que participou intensamente da época áurea da arquitetura brasileira moderna, a partir de meados dos anos 50. Sempre teve arte como atividades paralelas e desse universo faz parte também a tapeçaria. Os tapetes Noel Marinho são orquestrados em 3 coleções: Coleção 58 representada pelo modelo Guache, Coleção 80 representada pelo modelo Colagem e a Coleção 2000 pelo modelo Tandeta.

7) Onde são feitos seus tapetes?

Nosso parque industrial situa-se em Santa Cruz, próximo à Avenida Brasil, numa área construída de aproximadamente 15.000 m2. Dentro do complexo funciona um galpão específico para fabricação de carpetes em placas, produzidas no Brasil pela Avanti com maquinário vindo do exterior. Também atuamos fortemente no mercado corporativo.

Tapete modelo Tamascheck Silver da coleção Art Design 2020, da Avanti

 8) Onde o uso da tecnologia atua nos seus produtos?

A tecnologia atua nos nossos processos produtivos, complementando a confecção manual nos pontos onde ela não consegue atender, trazendo mais sofisticação para a produção têxtil e gerando um produto híbrido entre tecnológico e artesanal.

9) Que tipo de tapetes hoje são os mais procurados?

Considero que o tapete seja a quinta parede num ambiente, pelo espaço cada vez maior que vem ocupando por ser um elemento de muita importância na decoração. Além de trazer beleza e sofisticação ao ambiente, traz conforto, acolhimento e sensação de bem estar. É também elemento de integração e delimitador de espaços. Por ser uma peça que acaba sendo definido após a chegada dos móveis, o ideal é que o tapete abrace toda a decoração. Dessa forma, ele deve harmonizar com o restante do ambiente. Por isso, vemos em exposições paleta de cores mais suaves em grafismos mais neutros que trazem uma elegância atemporal ao ambiente. Quando o tapete tem um desenho mais ousado e colorido e atua como protagonista, deve ser pensado no início do projeto, pois todo o restante vai orbitar à sua volta. Mas não existe uma regra para isso. Os tapetes mais espessos, conhecidos como felpudos, são mais procurados para quartos e homes. Os desenhados e com espessuras diferentes trazem sofisticação, por isso são mais usados nos livings. Para a sala de jantar não importa a escolha do desenho. O ideal é que seja de baixa espessura para facilitar a movimentação das cadeiras e a manutenção, uma vez que é um lugar de refeição, de preferência harmonizado com o tapete do living, se forem espaços integrados.

10) Quais são os seus designs mais procurados?

Além de nossas lojas próprias no Rio e SP, temos revendas autorizadas espalhadas pelas principais cidades e capitais do Brasil e, através delas, notamos diferentes preferências. Acredito que em função do clima, referências culturais e regionais impactam a decoração. Por ser uma região mais solar, clientes do Nordeste costumam preferir tapetes coloridos. Mas, de forma geral, as paletas de cores costumam ser mais neutras, refletindo as principais mostras de decoração, Casa Cor e projetos de arquitetos nos sites e revistas de decoração. No geral, os modelos mais vendidos são os de estilo contemporâneo com certo olhar no passado, que classificamos como atemporais, pois nunca saem de moda. Vez por outra o mercado é tomado por uma tendência passageira, de cores ditadas em Milão, desenhos geométricos, maximalismo, de pegada retrô, entre outros. Do ano passado para cá, a tendência tem sido tapetes com formatos orgânicos, assimétricos e sensação de 3D, que dão um ar de modernidade, mas é importante saber usá-los.

Tapete modelo Tukano da coleção Árvores da Vida, da AVANTI

Comentários