Helmut Newton é o tema do documentário “The Bad and the Beautiful” de Gero Von Boehm

//Helmut Newton é o tema do documentário “The Bad and the Beautiful” de Gero Von Boehm

Helmut Newton é o tema do documentário “The Bad and the Beautiful” de Gero Von Boehm


Desde a minha adolescência as imagens do fotógrafo de moda Helmut Newton ficaram impregnadas na minha psique. Perversas, eróticas, degradantes e poderosas, as fotografias do fotógrafo de moda Helmut Newton ao longo do século XX mostraram um culto a mulheres semelhantes a um diretor dominador e sua estrela feminina.  Tudo que o homem através dos séculos deseja ter aquele sentimento de posse para que as mulheres fiquem a disposição de seus complexos e distúrbios. 

Helmut Newton

Foi assim que o alemão-australiano Newton percebeu seus assuntos principalmente femininos, e o novo documentário de Gero von Boehm, “Helmut Newton: o mal e o belo”, passa a maior parte de seu tempo de execução curto e abrangente, conversando com aquelas mulheres, a quem Newton claramente idolatrado. É uma linha impressionante de cabeças falantes: a própria Rossellini, Grace Jones, Charlotte Rampling, Claudia Schiffer, Marianne Faithfull, Hanna Schygulla, Nadja Auermann e Anna Wintour, entre outras.

David Lynch e Isabella Rosselini

 A grande inspiração de Helmut Newton era a também germânica Leni Riefenstahl, a diretora alemã contratado para criar propaganda nazista altamente estilizada que idealizava corpos alemães brancos, loiros e atléticos. Para deixar claro, Newton, como Riefenstahl, nunca fotografou alguém que não fosse bonito aos seus olhos.

Catherine Deneuve por Helmut Newton

“Qualquer fotógrafo que afirma não ser um voyeur é um idiota ou um mentiroso”:  isso é um das frases poderosas e reais ditas pelo fotógrafo Helmut Newton  em uma das suas inúmeras entrevistas.  Faleceu em 2004, ele é e sempre será um dos fotógrafos de moda e nudez mais influentes do mundo. Suas fotografias são chocantes, sensuais e incrivelmente elegantes ao mesmo tempo, e forjaram-lhe uma reputação internacional.

A partir da década de 1970, o fotógrafo de Berlim começou a fazer nus para grandes publicações, incluindo Vogue, Vanity Fair e Harper’s Bazaar. Da série “Naked and Dressed”, onde um exército de modelos fez poses idênticas, totalmente vestidas e depois apenas usando sapatos, até o famoso retrato provocante de Catherine Deneuve em 1976.

Catherine Deneuve por Helmut Newton

Escrito e dirigido por Gero Von Boehm, amigo íntimo do artista, o filme relembra a vida de um rebelde que estava muito à frente de seu tempo e revela um aspecto anteriormente desconhecido de sua personalidade: descobrimos um homem cheio de humor. sua foto é filmada, pois aqueles que estavam perto dele revelam momentos de intimidade e controvérsias desconhecidas. Já em divulgação geral na Alemanha, o documentário reúne as mulheres importantes – e somente as mulheres – em sua vida e trabalho para discuti-lo.

 

Comentários