Modernos Eternos SP acontece em formato ampliado 100% digital

//Modernos Eternos SP acontece em formato ampliado 100% digital

Modernos Eternos SP acontece em formato ampliado 100% digital


A edição 2020 da Modernos Eternos SP aparece diferente e maior este ano: 100% digital e com abrangência nacional e internacional.

Motivado pela necessidade do isolamento social, o curador Sergio Zobaran ousou e decidiu não cancelar a edição deste ano e, sim, buscar uma alternativa para o atual momento, realizando a mostra “as real as possible”, como ele define.

Dessa forma, a base real da mostra e venda é a Casa Modernista da Rua Bahia, em Higienópolis — construção de 90 anos de 4 andares, tombada nas instâncias federal, estadual e municipal, com projeto arquitetônico do russo Gregori Warchavchik e jardins tropicais assinados por sua mulher, a brasileira Mina Klabin. A partir dos espaços e medidas reais dessa casa de 600m², mais de 40 escritórios de arquitetura, de 11 estados e também da Europa, Estados Unidos e China, mostram suas criações de maneira totalmente virtual, que tem como parceira tecnológica a empresa mineira Revirtua.

AMMA PROJETOS

Cada um desses espaços ambientados está sendo digitalizado e todos podem ser visitados gratuitamente, a partir do dia 7 de setembro, e até 7 de outubro, através do site www.modernoseternossp.com.br.

Carlos Warchavchik

Por ser um imóvel preservado, o fato de a mostra ser digital dá mais liberdade aos arquitetos, paisagistas, designers de interiores e artistas plásticos participantes da mostra como expositores que podem, virtualmente, intervir em todo o imóvel, o que não seria possível se a mostra acontecesse fisicamente dentro da casa. “Há propostas, no mínimo, surpreendentes”, esconde o curador, que permitiu a ocupação dos diversos espaços, desde a fachada, por mais de um escritório.

Erick Figueira de Mello

Na mostra convivem ambientações e exposições, e até áreas como uma sala de leitura da editora Olhares, além dos espaços comerciais como as lojas da marca de óculos  Gustavo Eyewear e do Empório Beraldin, com peças de decoração exclusivamente criadas para a Modernos Eternos SP, e mais os restaurantes e cafés com serviço de delivery, como o Esther Rooftop, o Quattrino e o Osaka, de SP, e o buffet de Écio Cordeiro de Mello, no Rio. “A ideia é oferecer aos visitantes uma experiência imersiva e diversificada no site, e que possa se estender para as casas”, explica Zobaran.

 

O carioca Alexandre Bianco é um dos expositores da 7a. Mostra Modernos Eternos SP’ 2020 e já que a experiência virtual permite, assina dois projetos para o mesmo ambiente destinado ao Café no jardim para a sede física da mostra.

 

Alexandre Bianco

AMMA Projetos + Da Zhang

ANA MARIA VIEIRA SANTOS

Ana Paula Magalhães

Ana Weege

André Carício

Andre Paoliello

Andre Poli

Beto Galvez & Nórea de Vitto

Carla Oldemburg

Carlos Warchavchik

Cintia klamt Motta e Bianca Klamt Motta

Cioli Stancioli Arquitetura e design

Cristina Brasil

Cybele Barbosa e Erika Queioz

Eduardo Maximo

Erick Figueira de Mello

Gustavo Paschoalim Arquitetos Associados

Helena Neves Interiores

Isis Chaulon

João Mansur e Matheus Garcia

Juliana Lima Vasconcellos

Luciano Dalla Marta

Manarelli Guimarães

Marcelo Borges e Arthur Athayde

Marco Kiefer

Marcos Bertoldi Arquitetos

Maximiliano Crovato

Mestisso arquitetura

MM18 arquitetura

NIR SIVAN ARCHITECTS

Patricia Marinho e Manuèle Colas

Paulo Niemeyer

Pitá Arquitetura

Raquel Silveira

Reka Carvalho

Renata Patelli Arquitetura

Samuel Lamas

Stéfane Favoretti

Stella Crissiuma e João Rangel Crissiuma

Studio Zanini

Tatiana Coutinho e Roberta Vilela

Tufi Mousse

 

 

 

 

Luciano Dalla Marta

Nir Sivan Architects

STUDIO ZANINE

 

 

 

 

 

 

 

Comentários