O B Hotel é o hotel escolhido pelos descolados viajantes que chegam a Brasilia

//O B Hotel é o hotel escolhido pelos descolados viajantes que chegam a Brasilia

O B Hotel é o hotel escolhido pelos descolados viajantes que chegam a Brasilia


Um hotel em Brasilia é novo hot spot dos descolados viajantes que chegam a capital federal por lazer ou para o trabalho. O B Hotel, localizado em região nobre, no eixo monumental em Brasilia respira design. Foi projetado pelo arquiteto five star Isay Weinfeld que se inspirou nos traços modernistas da cidade. No projeto, o famoso arquiteto presta homenagem à Brasilia ao colocar na cobertura os tradicionais cobogós, além de pilotis e vãos abertos no lobby. Visto de fora, o prédio já impressiona pela curiosa fachada, com janelas dispostas assimetricamente e de forma irregular, causando um arrojado efeito visual.

Obras de arte, utilização de madeira, tons neutros em poltronas e sofás, e iluminação especial dão um toque minimalista e ao mesmo tempo aconchegante ao hotel. São 306 apartamentos e Suites – em um total de 8 categorias, que vão de 28 m2 a 280 m2 – distribuídos por 15 andares. Madeiras claras, leveza do mobiliário e objetos que conferem aos espaços  elegância e harmonia. Conforto é o que não falta: bancada para trabalho, Smart TV, mini-bar, cama king size, banheiro moderníssimo com louça importada e amenidades L’Occitane, criam o clima perfeito para relax e descanso

O B Hotel projeto de Isay Weinfeld

Destaque para a vista das unidades ímpares, voltadas para o oeste, de onde se divisa a imensidão da cidade.  O céu sem limites que se espalha por todos os ângulos permitindo um impactante espetáculo de por do sol. Aliás, é na cobertura – onde ficam a piscina e o Bar 16-  que hóspedes e passantes disputam lugares para desfrutar de drinks, petiscos e do famoso entardecer que colore toda a cidade.

 Um lugar para ver e ser visto onde circulam personalidades locais e de âmbito nacional. A gastronomia é um capítulo à parte, sob o comando do talentoso chef Jean-Yves Poirey, que adiciona às receitas clássicas francesas pitadas contemporâneas e regionais. Aliás, a brasilidade permeia toda a concepção do B Hotel – do belo mobiliário às obras de arte espalhadas pelos ambientes.

O chef Jean Yves Poirey

 Ao chegar no amplo lobby, a atmosfera é mais que convidativa – a começar pelo Piano Bar, agradável ante-sala do restaurante Térreo, onde se pode provar durante o almoço e o jantar as especialidades do chef, e desfrutar de um generoso café da manhã, com pães artesanais feitos na confeitaria do hotel, além de outras delícias como o iogurte da casa, fresquíssimo e saboroso. Do ambiente, é possível assistir ao preparo dos pratos através de uma cozinha envidraçada e que interage com o salão. 

O B Hotel projeto de Isay Weinfeld

Os espaços de eventos e convenções são acessados a partir de um enorme e elegante Foyer ,  com 3  salas  amplas e moduláveis, além de outras seis para reuniões, com madeiras cobrindo pisos, teto e paredes. A capacidade é para até 400 pessoas.

Além de todos esses predicados, o B Hotel tem algumas ações de sustentabilidade que vale destacar, a começar pela horta que mantem em uma fazenda em Sobradinho, de onde saem as verduras e legumes fresquíssimos utilizados em sua cozinha. Grande parte do lixo produzido pelo B Hotel é reciclado e levado para uma usina, sendo que a parte orgânica vai para o sítio para ser transformada em adubo. 

O B Hotel destina-se essencialmente ao público corporativo, mas ao evocar o lifestyle e muito charme em sua proposta, atende também às viagens a lazer. Proporciona a quem visita a cidade a trabalho ou a passeio, uma nova forma de viver a intrigante e curiosa Brasília

Comentários